pt
English Español Deutsch Français Italiano Português (Brasil) Русский 中文 日本語
Envie um artigo
Ir ao blog

As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML

39
Wow-Score
A pontuação Wow-Score mostra o quão atrativa é uma postagem de blog. É calculada com base na relação entre o tempo de leitura de usuários ativos, a velocidade de rolagem e o tamanho do artigo.

As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML

This post is in Português
Kevin Indig
This post is in Português
As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML

Nas minhas primeiras semanas na Atlassian, eu estava procurando por uma tática que resultaria em uma vitória rápida para ter uma posição mais forte dentro da empresa e evangelizar SEO. Por isso fiz a auditoria do nosso site principal e percebi que ele não tinha um sitemap em XML. Justo o que eu estava procurando!

Fui falar com os desenvolvedores e pedi que eles ativassem o sitemap no CMS. Para minha surpresa, eles disseram que não era possível. Eu fiquei perplexo.

Depois de refletir lembrei que a Screaming Frog tinha um recurso de criação de sitemap em XML, e foi como eu criei o meu.

O Google reagiu dentro de instantes e notamos um impacto considerável em nosso tráfego nos dias seguintes.

A moral da história é que os sitemaps em XML são importantes e às vezes subestimados.

O que são os Sitemaps XML e por que você precisa ter um

Os sitemaps XML são mapas digitais que ajudam o Google a descobrir páginas importantes em seu site e com que frequência elas estão sendo atualizadas.

O Google diz em sua página da Central de Ajuda:

Um sitemap informa ao rastreador quais arquivos você considera importantes em seu site e também fornece informações valiosas sobre esses arquivos: por exemplo, para páginas, quando a página foi atualizada pela última vez, com que frequência a página é atualizada e versões de idioma alternativas de uma página.

De acordo com Gary Illyes, os sitemaps XML são a segunda fonte mais importante de URLs a serem rastreados pelo Googlebot depois de hiperlinks e URLs descobertos anteriormente. Isso é super importante e não deve ser subestimado!

Cada site deve ter um sitemap em XML. Eles são especialmente importantes para:

  • Sites grandes

  • Sites novos

  • Sites com muitas páginas órfãs

  • Sites que usam muitas imagens e vídeos

Enquanto o robots.txt ajuda a impedir que partes do seu site sejam ranqueadas nos mecanismos de pesquisa, os sitemaps XML fazem o oposto. Eles ajudam os mecanismos de pesquisa a descobrir páginas novas, mesmo quando elas não estão vinculadas ao site principal.

O Google começou a usar sitemaps XML em 2005 e, pouco depois, o MSN e o Yahoo também começaram a usá-los. Hoje em dia, eles os usam para muito mais do que apenas a descoberta de URLs.

Não os confunda com sitemaps em HTML. Os sitemaps XML não são visíveis para os visitantes, apenas para o Google e os especialistas em SEO que desejam consultar páginas importantes de concorrentes. Os sitemaps HTML são listas (às vezes bem arrumadas) de links internos que passam o PageRank da página inicial para páginas importantes do seu site, atuam como hubs de rastreamento e facilitam a navegação dos usuários. E você deveria ter os dois.

Os sitemaps vêm em formato XML que o Google pode analisar rapidamente para encontrar novos URLs. XML - eXtensible Markup Language - é um formato leve e portátil que foi feito para armazenar dados.

Rastreadores web verificam seu site

Ferramenta para entender os bots do mecanismo de pesquisa

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

A maneira mais fácil de verificar se o site tem um sitemap é procurar no Search Console do Google ou no Bing Webmaster Tools em "sitemaps". A maioria dos mecanismos de pesquisa, como o Google ou o Bing, procuram pelo “Sitemap: <sitemap_location>” no arquivo robots.txt do seu site. Como alternativa, você também pode enviar o seu sitemap diretamente para o Google, o Baidu, o Bing e o Yandex.

As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML. Image :n Sitemaps XML nas Ferramentas do Bing Webmaster. 1: Relatório de Sitemaps. 2: Adicionando novos itens ao sitemap. 3: sitemaps existentes que o Bing encontrou.

As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML. Image :n Sitemaps XML no Google Search Console. 1: Relatório de Sitemaps. 2: Adicionando novos itens ao sitemap. 3: sitemaps existentes encontrados pelo Google.

Requisitos mínimos do Sitemap em XML

Para que seus sitemaps em XML funcionem de maneira ideal, você precisa atender à alguns requisitos. Um sitemap XML deve:

  • Conter apenas URLs canônicas com um código de status 200.

  • Incluir até 200 mil URLs por sitemap e até 50 mil sitemaps por sitemap de índice.

  • Ter referência no robots.txt.

  • Ser codificado usando BUTF-8

  • Ser comprimido em formato .gz.

  • Não ter mais de 50mb ou conter mais de 50.000 URLs.

Mas há mais que você pode e deve fazer para aproveitar ao máximo os sitemaps XML. Você pode sinalizar para o Google quais URLs são importantes incluindo apenas páginas importantes em sitemaps XML e atualizando-os com frequência.

A maioria dos CMSs tem uma função para atualizar automaticamente os sitemaps quando um novo URL é criado ou quando uma página existente é atualizada. Para o Google, a frequência de atualização do sitemap pode ser um sinal de conteúdo novo. E a importância desse fator para o ranqueamento depende da página e do contexto.

Um sitemap XML é como um mapa da cidade para os turistas, com a cidade sendo seu site e o turista sendo o Google. Para que o mapa seja relevante você quer incluir apenas os edifícios importantes, não todos os endereços da cidade. É por isso que páginas não relevantes não devem ser incluídas (por exemplo as páginas de Política de Privacidade ou Sobre a Empresa). Embora essas páginas devam ser indexadas, elas não precisam ser rastreadas com frequência e não são importantes quando estamos falando de SEO.

Mais sobre isso Táticas para gestão de rastreabilidade e indexação Postagem Ricardo Mendoza Aprendendo SEO Técnico Postagem Kevin Indig

Dicas de Sitemap XML para sites grandes

Você pode fazer mais para obter mais benefícios de sitemaps, além de atender aos requisitos padrão.

Sites grandes, como os sites de notícias, por exemplo, devem usar sitemaps de índice, que contêm até 50.000 sitemaps normais. Eles são como a nave-mãe do sitemap XML que carrega muitos sitemaps menores. Sites grandes precisam deles porque não podem encaixar todo o conteúdo em um único sitemap. De qualquer maneira você não precisa tentar encaixar tudo.

Você pode tirar o máximo proveito desses sitemaps estruturando-os por tipo de página ou tópico. Na prática você acaba criando sitemaps XML separados por subdiretório ou modelo de página para entender os erros técnicos e de indexação do seu site.

As melhores ferramentas, dicas e truques para Sitemap em XML. Image :n

Existem sitemaps XML especializados para fins específicos. Sites que operam na área de rich media (por exemplo: Pinterest or YouTube) se beneficiam muito de sitemaps de imagens ou vídeos. Publishers de notícias deveriam usar sitemaps de notícias.

Os sitemaps de imagens aumentam a chance de o seu site ser encontrado na pesquisa de imagens do Google. Você não precisa ter um sitemap de imagem dedicado já que você pode usar extensões de imagem em seu sitemap regular.

As extensões de imagem (com especificações para XML) são assim:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<urlset xmlns="http://www.sitemaps.org/schemas/sitemap/0.9"
xmlns:image="http://www.google.com/schemas/sitemap-image/1.1">
<url>
<loc>http://example.com/sample.html</loc>
<image:image>
<image:loc>http://example.com/image.jpg</image:loc>
</image:image>
<image:image>
<image:loc>http://example.com/photo.jpg</image:loc>
</image:image>
</url>
</urlset>

Os sitemaps de vídeo funcionam de acordo com o mesmo princípio: crie um sitemap dedicado ou adicione extensões ao sitemap regular:

<url>
<loc>https://example.com/mypage</loc>
<video> ... information about video 1 ... </video>
</url>

Mas tenha cuidado com os meta-dados que você adiciona aos sitemaps ou às extensões de vídeo.

Segundo o Google, "o Google pode usar texto na página de destino do vídeo, em vez do texto que você fornece no sitemap, se o texto da página for considerado mais útil do que as informações do sitemap". Se trata do texto da descrição do vídeo. Além de uma descrição, você pode incluir um thumbnail, duração do vídeo, classificação, e muito mais (confira aqui uma lista completa de metadados de sitemap de vídeo em XML). Para sites que usam muito o vídeo, isso é uma ótima opção. Para todos os outros, é opcional.

Os sitemaps de notícias são diferentes porque você deve sempre ter um sitemap XML de notícias separado. O Google não recomenda (ou oferece) extensões neste caso. Os sitemaps de notícias ajudam o Google a descobrir e ranquear artigos novos, o que é especialmente desafiador no setor de informação, onde existe muito conteúdo. Embora o Google afirme que os publishers com sitemaps de notícias não são favorecidos na hora de definir ranqueamentos, essa tática ajuda a obter ranqueamentos melhores no Google Notícias mais rapidamente.

Os sitemaps de notícias têm requisitos especiais:

  • Incluir artigos com menos de dois dias de vida.

  • Não adicionar mais de 1000 entradas novas a um sitemap existente por vez.

  • Atualizar sitemaps existentes com atualizações de artigos.

Você também pode usar sitemaps XML para definir e indicar certas metatags para o Google. Um exemplo disso é o hreflang que você pode adicionar como uma extensão a um sitemap (confira as instruções completas):

<url>
<loc>http://www.example.com/english/page.html</loc>
<xhtml:link
 rel="alternate"
 hreflang="de"
 href="http://www.example.com/deutsch/page.html"/>
<xhtml:link
 rel="alternate"
 hreflang="de-ch"
 href="http://www.example.com/schweiz-deutsch/page.html"/>
<xhtml:link
 rel="alternate"
 hreflang="en"
 href="http://www.example.com/english/page.html"/>
</url>

O Google ignora o atributo de prioridade nos sitemaps XML, mas considera o tag lastmod, de acordo com John Mueller. O Google determina a prioridade de suas páginas, provavelmente por popularidade e autoridade. Lastmod, no entanto, é uma tag que indica quando foi a última vez que o URL mudou, o que é realmente interessa o Google.

Rastreadores web verificam seu site

Ferramenta para entender os bots do mecanismo de pesquisa

Digite o seu domínio (ex. www.exemplo.com)

Ferramentas e Geradores de Sitemap XML

A maioria dos sistemas de gerenciamento de conteúdo vem com funções pré-empacotadas que permitem criar um sitemap XML automaticamente. No entanto alguns sistemas não têm esse recurso, e neste caso, você precisa de uma ferramenta externa.

Melhores geradores de sitemaps

Estas são minhas escolhas pessoais para geradores de sitemap XML.

Nome

Preço

Limite

Recursos

Teste grátis

Slickplan

USD$8.99/mês

n/a

 
  • Construtor "Arraste e Solte"

  • Tipo de página personalizado

  • Importação de arquivo de texto

  • Clonagem

  • Edição em massa

  • Altamente customizável

  • Permissões de usuários

  • Uso de marca personalizada

30 días

Dynomapper

USD$40/mês

 

200K URLs por rastreamento

 
  • Monitoramento de URLs de sitemaps no Google Analytics

  • Altamente customizável

  • Tipo de página personalizado

  • Gestão de fluxos de trabalho

  • Tags de URLs

  • Filtros de sitemaps

  • Permissões de usuários

  • Uso de marca personalizada

14 días

Writemaps

USD$14.99/mês

n/a

 
  • Customizável

  • Grupos customizáveis

  • Construtor "Arraste e Solte"

3 sitemaps gratis

Screaming Frog

 

Gratuito até 500 URLs

£149.00/ano

n/a

 
  • Não foi feito especialmente para sitemaps XML, mas é uma boa solução no caso de restrições técnicas

n/a

Powermapper

USD$49/month

 

15K páginas

 
  • Não foi feito para criação de sitemaps XML, mas você pode exportar um feed para o formato XML

30 días

XML Sitemaps

USD$4.99 por 1K páginas

USD$189.99 por 1.5m páginas

1,5m pages

 
  • Sitemaps de imagens e vídeos

  • Notificações por email

  • Aplicativo para mobile

  • Detecta links quebrados

Grátis para primeiras 500 páginas

Melhores Plugins de Wordpress para Sitemaps

Nome

Preço

Limite

Recursos

Classificação

Simple Wp Sitemap

grátis

n/a

  • Sitemaps em HTML e XML 

  • Sitemaps dinâmicos

4.4/5

33 avaliações

Google Sitemap by BestWebSoft

grátis

n/a

  • Suporte de Hreflang

  • Customizável

Google XML Sitemaps

grátis

n/a

  • Sitemaps dinâmicos

  • Customizável

4.9/5

2090 avaliações

Yoast SEO

grátis (versão premium disponível)

n/a

  • Sitemap básico e dinâmico

4.9/5

26,745 avaliações

WordPress XML Sitemap Plugin

grátis

n/a

  • Altamente customizável

n/a

All in One SEO Pack

grátis

n/a

  • Sitemap básico e dinâmico

4.4/5

449 avaliações

XML Sitemap & Google News

grátis

n/a

  • Sitemap básico e dinâmico

  • Customizável

  • Atualiza o lastmod automaticamente

4.4/5

59 avaliações

Tem dicas de táticas ou ferramentas de sitemap em XML? Compartilhe nos comentários!

Kevin Indig
colunista

Os colunistas da SEMrush são autores com experiência solida em marketing digital que contribuem com conteúdos relevantes da forma periódica.

Compartilhar esta postagem
or

Comentários

2000
Novato

Ou acabou de chegar, ou é muito tímido e fala pouco.

Olá eu sou o Jean da https://at.seventecsmd.com.br e estou montando meu site map... eu estou usando opções pagas também de sitemap.xml... na sua tabela de vi o gerador que eu uso em ultima posição... a minha duvida é, você colocou as sugestões na ordem que você considera melhores ou não usou esse critério? pois estou tentando ver qual o melhor deles para eu usar mensalmente em nosso site acima.

Enviar feedback

Your feedback must contain at least 3 words (10 characters).

Só vamos utilizar este email para te enviar a resposta para o seu feedback. Política de Privacidade

Thank you for your feedback!